28 de mai de 2014

Presente de Ana

Ana é tipo minha segunda mãe, por circunstâncias da vida. Fez aniversário em fevereiro. Minha velha mãe, Lessi, a titular da pasta, quando conversamos sobre isso sugeriu:

- Você, Luciana e Davi deveriam esse ano dar um presente legal para Ana!

Concordei. Ano passado, afinal, nem lembro se dei presente. Se dei, foi fraco.
Com um bom atraso fui ao Iguatemi. Comprei alguns presentes que estavam pendentes e o de Ana foi o com limite mais alto de preço, para fazer jus à proposta. Não digo quanto foi porque seria uma deselegância. Foi uma bolsa bacana, mesmo.

Deixei em casa com Davi, encomendado para Ana, quando porventura ela aparecesse. Quando apareceu, abriu o presente e minha mãe viu.

Eis que esses dias, pouco depois do episódio, estive em casa, e minha mãe, com cara e jeito de sentida, me diz:

- Eu vi o presente que você deu para Ana!
- Ué? Não gostou? Foi uma bolsa legal!
- Muito legal! Quero ver é no meu aniversário!!
- ... ? Mas você mesma disse que eu deveria dar um presente legal para Ana!!
- É. Mas comigo não é assim!

Boca de zero nove, minha mãe.

2 comentários:

Adriano disse...

Ahahah
Como sempre, seus posts são muito legais.
Mãe é assim, mesmo...
Quando criança, no dia das mães, comprei um perfume pra minha mãe e dois presentes bem simples para minha avó (era tão simples que fiquei com vergonha de dar um só...).
Quando disse a minha mãe que gostaria de ter dado algo melhor a ela, ela respondeu que eu poderia, se não tivesse dado dois presentes à minha avó!
Claro que essa minha avó é a sogra dela, né? Se fosse a mãe dela, acho que não reclamaria... hehehe.
Abração!

Leila Hupsel disse...

Tá vendo como "temos" bom gosto....rsrsrrrsrsrr