7 de ago de 2011

Consertar Fusca

Get your motor running!
Passei mais de um mês sem ligar o Fusca. Hoje de manhã, quando fui vê-lo, já desconfiava que ele não iria pegar.
Motor de arranque ok, bateria ok, mas nada de pegar. Já tinha visto esse filme antes. A gasolina velha entope os tubos, algo assim. Tentei como pude, até buscar um mecânico. Fiquei olhando decidido a entender o que ele ia fazer, e da próxima vez economizar o "guaraná".
A primeira coisa que ele fez foi tirar e raspar o platinado. Porra! Essa eu sabia! Não lembrei de tentar. Vacilo. Deu uma limpada no encaixe, também. Eu acompanhando de olho. Ele tirou a mangueira que joga a gasolina do tanque para o carburador. Eu tinha tirado antes de buscá-lo, mas não soube direito o que fazer. Apertei como quem quer tirar milk-shake de um canudo. Não me pareceu que ia dar certo, e não deu. Ele chupou a gasolina do tanque, jogou numa tampa de amaciante que tinha arranjado no chão.
Eu, de cara, estava pensando na gasolina na boca. Matar, não mata - já vi tanta gente fazendo isso. Se todo mundo faz não sou eu que não posso fazer. É só tomar cuidado para não engolir.
Só que depois lembrei que eu ia ter que botar a boca na mesma ponta de tubo que aquele mecânico tinha acabado de chupar.
Aí não.
Ele usou aquela gasolina para jogar direto no carburador. O carro pegou de primeira. Eu não sei se o fato de ele ter puxado desentupiu alguma coisa. Da próxima vez vou testar. Raspo o platinado, limpo o encaixe, compro gasolina no posto e jogo no carburador. Sem chupar a mangueira do tanque. Se der, deu.