12 de ago de 2010

Blogue descoberto

Triste...

Antigamente as pessoas próximas a mim - família, amigos - não tinham conhecimento do blogue. A única interseção entre contato presencial e blogue eram os amigos que eu fiz a partir do próprio blogue. Eis que quem não devia futucou meu computador, descobriu o endereço e, ainda por cima, divulgou.
Agora é eu postar alguma coisa que agrade e vira e-mail para toda a minha família e amigos próximos. Minha avó Maria liga e diz "filho, que lindo", e daí por diante.
O último texto por outro lado, entre outras reações, resultou em eu receber uma surpreendente ligação da minha mãe:

- Buáaaaaaaaaaaa! Buá! Snif!
- Que foi, mãe?
- Ô, meu filho! É que eu tô lendo seu blogue aqui! Buuuuu...
- Só me faltava essa, agora! Quieta com isso, mãe! Ninguém morreu não!
- Mas filhoooooo... Buááá...

Daí seguiu adiante por uns bons quinze minutos. Só não mais porque eu estava no trabalho.
Ê, minha paz perdida! Se eu não fosse bem-humorado, ficava ainda mais deprimido pensando nisso...

2 comentários:

autorafrustrada disse...

Foi mal!

mãe disse...

Quando você quiser denunciar minhas lágrimas plenas de sentido, cuide melhor do texto. Não escreva "mais" onde cabe "mas". Até parece que eu pronunciei assim... ERRADO!